sábado, 5 de março de 2011

Redes sociais: Campo minado

As redes sociais são ambientes livres.
As pessoas escrevem o que querem, divagam, postam fotos, contam segredos e se expõem. Algumas obtém sucesso com isso e outras mostram a mediocridade do ser humano. Mas também tem o outro lado, só lê isso quem quer, ninguém é obrigado a seguir uma pessoa de volta só porque é seguido por ela e engana-se quem acha que isso deve ser regra, pois não é.
Eu já ví, do pouco tempo que acompanho efetivamente as redes, diversas coisas por vezes hilárias mas por outras vezes deprimente. Tem pessoas que querem aparecer a todo custo, ser "o cara legal" e tem aquelas pessoas que são negativistas que até falam em suícido.
Tem gosto e público para tudo, mas acredito que se deva ter um pouco de discernimento na hora de acessar as redes sociais, afinal hoje em dia estão todos conectados, desde os seus pais até a empresa que você trabalha e não adianta tentar remendar uma coisa escrita errada no twitter, por exemplo, ela pode ser retuitada e já era! Existem casos clássicos de pessoas que perderam emprego por causa de uma tuitada errada, vide o caso Locaweb e o caso da estagiária do STF que tuitou por engano do perfil institucional perguntando quando o Sarney iria pendurar as chuteiras. Por isso é que sempre digo: Cuidado, sempre tem alguém olhando.

Abraços à todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário